Imprimir
Categoria: JM-Sample-Data
Acessos: 32455

Turmas regulares de Danças de Salão com
“Samba de Gafieira, Bolero, Soltinho, Forró, Cha-cha-chá, Salsa, Zouk, Bachata, Merengue e Rueda de Cassino”. 

Aulas as para iniciantes nos dias e horários:
Segundas feiras das 17h30 às 19h00 ou das 20h30 às 22h ou
Terças feiras das 21h00 às 22h30 ou 
Quartas feiras das 18h00 às 19h30 ou
Sábado das 14:00 às 15h30 inicio em 17/03
Domingos das 17h00 às 18h30.
Contamos também com diversos horários para níveis Iniciante I e II, Intermediário e Avançado, solicite informações!

Rock & Roll / Soltinho

Um incêndio nas pistas
Expressão de liberdade, bandeira da rebeldia e ritmo intenso, o rock and roll incendiou os jovens dançarinos nos anos 50, deixando os pais escandalizados.Atualmente continua sendo uma das danças mais livres e insolentes que se pode encontrar entre as danças de salão.
Soltinho significa balançar e girar. É uma das danças de salão mais espetaculares, e a que deu movimento e voz à rebeldia juvenil nos anos 50. Nas décadas de 30 e 40, o jitterbug ou jive era muito popular, nos Estados Unidos e na Europa, especialmente depois da difusão dada pelas tropas americanas no fim da Segunda Guerra Mundial.Seus movimentos acrobáticos permitiam a realização de inúmeras variações, como o lindy hop –em homenagem a Charles Lindbergh.
A partir de meados da década de 50, enquanto estes movimentos invadiam as pistas de dança, foi-se definindo uma nova música inspirada no rhythm and blues e no country, que utilizava várias guitarras e instrumentos elétricos e, principalmente, uma forte percussão. No princípio as estruturas eram simples e o seu objetivo era precisamente alimentar os dançarinos com ritmos fortes e dançantes, acompanhados de melodias e harmonias simples.
O termo “rock and roll” difundiu-se quando, em 1952, um disc-jockey fez uma experiência: colocou no ar até então desconhecido rhythm and blues e conseguiu uma grande audiência. A partir de 1954, surgiram novos sons: Chuck Berry, Bill Haley & The Comets –com a pioneira e lendária música Rock Around the Clock –e, particularmente, Elvis Presley deram forma ao novo e rápido ritmo especial que expressava as ansiedades e o entusiasmo da juventude.
Os passos desenvolvidos para dançar o blues e o jitterbug foram adaptados ao novo som, e o resultado desta fusão foi explosiva: as danças super sensuais escandalizaram os mais velhos e, em muitos canais de televisão, foram censurados sistematicamente o que Elvis tinha de mais expressivo: os movimentos do quadril.
Rapidamente o rock dividiu-se em vários subgêneros: começou com branco Rockabilly e o mais violento e áspero rock and roll negro, interpretado por Berry y Little Richard. Com o tempo, surgiram outros subgêneros, como jazz rock, o heavy metal, o punk rock e o rock progressivo, entre outros. Com uma certa estilização, o rock and roll entrou nos salões de dança e, fiel ao espírito jovem, tornou-se uma dança frenética que exige dos dançarinos uma boa forma física e total concentração quando se dança em parceria.
Coleção: AS MELHORES DICAS DE DANÇA DE SALÃO
Editora: DEL PRADO

Abaixo, veja o vídeo que separamos especialmente para você!

 
Studio de Dança Renato Mota - Escola de Dança

Studio Renato Mota mantém parcerias com algumas instituições oferecendo desconto aos seus associados e colaboradores. 
Para obter o seu desconto traga algo que afirme a sua participação na instituição, comprovante de pagamento, carteirinha, carta de indicação etc...

Confira o desconto, na escola ou na instituição, antes de efetuar sua matricula.

Atualmente estamos aceitando Cartão Vale Cultura da 
Sodexo, Ticket e VR.