Salsa, Zouk, Bachata, Samba Rock, Tango...
D. de Salão aos Domingos.
Destaques e Promoções
Zouk, Bachata e Salsa. Kizomba Cursos...
Turmas às quartas-ferias 21h30 ou as sextas-feiras 20h30 com Zouk, Salsa e Bachata ou Zouk aos domingos às 14h30 ou Kizomba em aulas particulares. Salas climatizadas. ... Ver Mais
Formação de profs. em Dança de Salão.
Ainda da tempo de iniciar... Outubro de 2017 - Formação nível Técnico profissionalizante e Internacional pela CID. Unesco, Paris. Voltado para estudantes "em curso" quanto para profissionais... Ver Mais
A Dança dos Noivos, Surpreenda!
A dança dos noivos é certamente um dos momentos mais esperado de uma festa de casamento, e também o ponto alto da celebração da união entre um casal. Aulas particulares em salas privativas c... Ver Mais
desde 1988 ensinando a arte de dançar.
Menu Principal
Newsletter
Receba novidades do Studio Renato Mota periodicamente. Cadastre-se agora.
 Nome:
 E-mail:

MEMBRO DO:
 
A dança de salão como esporte olímpico

Desde o início do século XX, os organizadores da dança de salão internacional trabalharam intensamente para obter uma definição das normas e das características dos diferentes estilos de dança. Uma vez alcançado esse objetivo -fruto de um grande esforço- o próximo passo será incluir a dança esportiva entre os esportes olímpicos.

A dança de salão surgiu na Inglaterra ao longo dos séculos XVIII e XIX. Muito difundida entre a burguesia, atinge todas as classes sociais no final do século XIX e início do século XX. As competições de dança tornaram-se populares durante os anos 20 quando, em 1924 foi criada a seção de dança de salão no âmago da Sociedade Imperial de Professores de Dança (ImperialSociety of Téachers of Dancing) com a missão de normatizar a música, os passos e a técnica. A partir deste acontecimento, a dança de salão foi sendo divulgada pela Europa, Ásia e América, porém as competições eram realizadas muito antes desta unificação, provavelmente desde antes da Primeira Guerra Mundial. Paris e Berlim eram centros de competições particulares e locais que foram ganhando espaço no circuito de dança. Os encontros internacionais começaram a acontecer nos anos 30, após o estabelecimento das normas. Depois de várias tentativas sem êxito, foi fundada em Praga, em 1935, a primeira Associação Internacional Amadora, reunindo os seguintes países: Áustria, Checoslováquia, Dinamarca, Inglaterra, França, Alemanha, Holanda, Suíça e Iugoslávia. A FIDA (sigla da associação), foi bastante ativa e, um pouco antes das Olimpíadas de Berlim de 1936, organizou o "Primeiro Campeonato", em Bad Nauheim, na Alemanha. O acontecimento reuniu participantes de quinze países de três continentes, seguindo as recém instituídas regras internacionais. As atividades da FIDA são interrompidas abruptamente com o início da Segunda Guerra Mundial. Anos mais tarde, em 1950, é fundado em Edimburgo, o Internacional Council of Ballroom Dancing, ICBD (Conselho Internacional de Danças de Salão), foi a primeira organização profissional da dança.

Em 1953, a FIDA foi formada novamente na Áustria. Apesar da rápida difusão da dança esportiva, as organizações não conseguiram chegar a um senso comum, o que deixava os dançarinos sem o apoio de nenhuma entidade internacional.

Em 1957, foi fundado o Conselho Internacional de Dançarinos Amadores (ICAD, Internacional Council o[ Amateur Dancers), organização que vigora atualmente. Como seu principal objetivo é conseguir o reconhecimento do Comitê Olímpico Internacional, em 1990 troca seu nome por Internacional Dance Sport Federation IDSF (Federação Internacional de Dança Esportiva). Durante os anos de 1991 e 1992, a organização torna-se mais poderosa com a incorporação de associações de países ocidentais e de vários países asiáticos.

Em 8 de setembro de 1997, o Comitê Olímpico Internacional (COI) reconhece a Federação Internacional de Danças Esportiva (IDSF, Internacional Dance Sport Federation) como membro do COI.

No entanto, isto não significa que a dança de salão é um esporte premiado com medalhas, mas que o COI reconhece um corpo internacional para a dança esportiva, e que a IDSF tem autoridade para estabelecer regras técnicas e de estilo para as competições. O trabalho para tornar a dança de salão uma modalidade plenamente olímpica continua. A dança esportiva ainda não faz parte das competições premiadas com medalha nas olimpíadas de Sidney em 2000, e Atenas em 2004. As regras do COI estabelecem que um esporte deve receber o programa de medalhas pelo menos sete anos antes do início dos jogos, o que significa que se a IDSF incluir a dança esportiva no jogos do 2008, a mesma J~rá que ser votada até setembro de 2001.

A dança de formação

Na década de vinte surgiram grupos na Alemanha, Inglaterra e França que dançavam realizando movimentos sincronizados. Atualmente, a regra determina que os grupos devem executar cinco danças latino-americanas durante um minuto e meio ou dois minutos. O julgamento das equipes é baseado na técnica dos pés, na interpretação musical, na simetria do corpo e sincronia com o ritmo. Exames realizados por fisiólogos desportistas demonstraram que, durante a competição, o nível de esforço físico e a intensidade da respiração é comparável aos dos ciclistas, nadadores e corredores de 800 metros.
 
Um assunto pendente
 
O IDSF é formado por 68 membros nacionais distribuídos em cinco continentes, porém apenas 35 foram reconhecidos pelos seus respectivos Comitês Olímpicos. As regras do COI estabelecem que um esporte deve ser praticado por homens em 75 países de quatro continentes e por mulheres em 40 países de três continentes. Para cumprir todos os requisitos, a dança ainda precisa ultrapassar uma pequena barreira.
 
Outro obstáculo é a distinção entre a esporte e a dança arte. Nos debates levantados pelo COI foi argumentado que se a arte é usada para celebrar os esportes, então a arte como o esporte fazem parte da cultura olímpica. Entretanto, os opositores à sua incorporação como esporte olímpico argumentam que a dança de salão é um esporte artístico, e não esportivo. 
 Coleção: AS MELHORES DICAS DE DANÇA DE SALÃO

Edições Del Prado, 1999.

 

Abaixo, veja o vídeo que separamos especialmente para você!





Se quiser ver mais pesquisas de danças, clique aqui

  Principal
Quem Somos
Cursos e Aulas
O que fazemos
Localização
Últimas Notícias
Perguntas Frequentes
Contato
  Outros
Depoimentos
Sapatos e Sandálias
Agenda de bailes
Video aulas didáticos
Curso de Formação
Promoções da Semana
  Aulas
Dança de Salão
Country, Sertanejo e Forró
Soltinho
Tango Milongueiro, Salão e Novo
Salsa, Zouk, Bachata e Merengue
Valsa Vienense
Pagode , Samba Rock e Gafieira
  Redes Sociais

Empresas do Grupo
Loja Virtual, Renato Mota. Acessem! Acesse Agenciados: Arte, Moda e Beleza! Acesse Formação em Dança de Salão!
© Studio de dança Renato Mota · Escola de Dança em Santo André - ABC - São Paulo. Aulas, cursos, shows, Dança de Salão. Todos os direitos reservados. · by AGENCIA GIGA!