Salsa, Zouk, Bachata, Samba Rock, Tango...
D. de Salão aos Domingos.
Destaques e Promoções
Zouk, Bachata e Salsa. Kizomba Cursos...
Turmas às quartas-ferias 21h30 ou as sextas-feiras 20h30 com Zouk, Salsa e Bachata ou Zouk aos domingos às 14h30 ou Kizomba em aulas particulares. Salas climatizadas. ... Ver Mais
Formação de profs. em Dança de Salão.
Ainda da tempo de iniciar... Outubro de 2017 - Formação nível Técnico profissionalizante e Internacional pela CID. Unesco, Paris. Voltado para estudantes "em curso" quanto para profissionais... Ver Mais
A Dança dos Noivos, Surpreenda!
A dança dos noivos é certamente um dos momentos mais esperado de uma festa de casamento, e também o ponto alto da celebração da união entre um casal. Aulas particulares em salas privativas c... Ver Mais
desde 1988 ensinando a arte de dançar.
Menu Principal
Newsletter
Receba novidades do Studio Renato Mota periodicamente. Cadastre-se agora.
 Nome:
 E-mail:

MEMBRO DO:
 
A Dança de Salão está na moda
E pode ser uma boa alternativa para queimar calorias, melhorar a postura e tonificar os músculos das pernas e do bumbum. E tem mais, dançando você conhece um monte de gente e se diverte a valer. Prontos para dar os primeiros passos?

Quem dança seus quilos espanta!!!

   Acontece de tempos em tempos. A dança de salão vira mania. Agora ela pegou de novo. O quadro Dança dos Famosos, exibido no programa do Faustão, da Rede Globo, e a estréia do filme Vem Dançar, com Antonio Bandeiras,  atiçaram, até nos pés mais desengonçados, a vontade de rodopiar. E vem mais estímulo por aí: o SBT também estréia neste semestre um programa em que os famosos dançam. Não há dúvidas, esse é o programa da hora e você pode aproveitar o embalo para ficar com o corpo mais bacana

    É isso mesmo. Dançar é uma atividade aeróbica das boas. Aumenta a freqüência cardíaca, estimula a circulação do sangue, melhora a capacidade respiratória e

E queima muitas calorias. “Em uma hora de dança de salão é possível eliminar até 700 calorias. Quanto mais prática você tiver, maior será o gasto calórico porque vai seguir o ritmo com menos pausas”, diz Claudia Zamberlan, especialista em fisiologia do exercício, de São Paulo. Uma coreografia agitada substitui a esteira e ainda tonifica os músculos das pernas, braços e abdômen. “As pernas são responsáveis pelos deslocamentos, o abdômen é exigido para manter o equilíbrio e a postura correta e, dependendo do tipo de dança, os braços também se movimentam bastante”, explica Claudia. Apesar desses músculos ganharem tônus, a fisiologista recomenda praticar também um exercício localizado para fortalecer regiões específicas, como joelhos e coluna, e assim evitar lesões, já que o corpo se “requebra” inteiro.

   Junto com um shape mais gostoso mais bonito, aprender novos ritmos também mexe com sua mente e deixa você mais esperta. “Seguir uma coreografia trabalha coordenação motora, concentração, equilíbrio, agilidade e memória”, explica Paulo Zogaib, fisiologista e professor da Unifesp, em São Paulo. Essas habilidades você percebe na próxima dança, quando começa a fazer os passos com mais graça, mas também leva para o dia-a-dia, ao realizar melhor as suas tarefas. Neste pacote, você ainda lucra no social e vai fazer novos amigos ou até um namorado pé-de-valsa, por que não? Esta pode ser a queima calórica mais divertida que você já experimentou!

Entre no ritmo

Para aproveitar todos os benefícios dessa atividade e arriscar seus primeiros passos na balada, o ideal é freqüentar um curso de dança de salão. Quem começa a fazer aulas entra no nível iniciante, em que aprende os passos básicos dos principais estilos. “Nessa etapa, os alunos desenvolvem coordenação motora, musicalidade e descobrem as várias possibilidades da dança. É então que encontram o ritmo que mais agrada e podem se aperfeiçoar nele”, explica Milena Malzoni, professora de dança de salão de São Paulo. Mesmo que no começo pareça difícil pegar o jeito e ainda sincronizar os passos com os do parceiro (o que é uma sensação absolutamente normal), depois de três meses de aulas você já vai fazer bonito até no samba-rock, uma das modalidades mais difíceis de aprender.

Para levantar o seu astral

A dança está de mãos dadas com a música e essa dupla faz um bem danado para gente. A música acalma, tranqüiliza, traz alegria, estimula as sensações, toca as emoções e, do ponto de vista físico, dançar libera endorfinas. “É comum as pessoas chegarem à aula chateadas e saírem mais leves, dando risada”, conta Carlinhos de Jesus, professor de dança do Rio de Janeiro. A atividade tem impacto até sobre a auto- estima. “Vejo meus alunos se transformando. Se nas primeiras semanas de aula eles chegam meio abatidos, com um ou dois meses já estão com corte de cabelo novo, roupa nova, mais perfumados e mais felizes”, garante Carlinhos.

A mudança, acredita ele, tem relação com a socialização que a dança promove. “Você conhece pessoas, tem contato físico com o parceiro, faz amigos e precisa ter energia, vitalidade. Em alguns casos, posso dizer que vale até como uma terapia.”

A primeira dança a gente nunca esquece

Escalada para participar no quadro Dança dos famosos no programa do Faustão, a modelo e ex-BBB Mariana Felício viveu junto com os telespectadores sua primeira experiência na dança de salão. “Eu nunca tinha dançado com outra pessoa, nem valsinha de 15 anos”, conta. As aulas foram intensas, quatro horas, três vezes por semana, para aprender cada coreografia (ela dançou merengue e disco). “O mais difícil foi memorizar os passos, achava que jamais conseguiria”, diz. Um treino tão intenso rendeu a Mari algumas bolhas nos pés, além de dor nas costas e nas pernas. Mas o sacrifício rendeu bons frutos –ela fez duas apresentações no programa e ainda fechou um contrato para gravar um DVD ensinando o zouk, um ritmo caribenho.

Bolero
Ritmo Lento–Gasta cerca de 354 calorias por hora*

É uma dança com passos simples, basicamente o “dois pra cá, dois pra lá”. O que faz grande diferença nesse ritmo é a postura dos parceiros, que precisa estar certinha, com o peito aberto e os ombros bem colocados. Por isso, o abdômen dos dançarinos tem de permanecer constantemente acionado. “O ritmo tem conquistado a moçada na voz de cantoras como Shakira e Gloria Estefan”, diz Milena.

Tempo para aprender: cerca de um mês, com uma hora e meia de aula por semana.

Para dançar: Moscas En La Casa (Shakira), Rayanbdo El Sol (Maná), Mi Buen Amor (Gloria Estefan).

Forró Universitário
Ritmo Moderado –Gasta cerca de 474 calorias por hora

Apesar do nome, não precisa ser universitário para dançar. Pelo contrário, esse é um ritmo superdemocrático, dançado por pessoas de todas as idades e classes sociais. “O que a gente chama hoje de forró universitário é o xote, que antes só se dançava no Nordeste”, explica Carlinhos de Jesus. Nesse ritmo, as pernas se deslocam bastante, mas os braços não se movimentam muito. Como o casal dança  coladinho e as letras das músicas são bem românticas, é uma boa pedida para dançar com um parceiro especial.

Tempo para aprender: cerca de um mês, com uma hora e meia de aula por semana.

Para dançar: Lual em Dunas (Rastapé), Espumas ao Vento (Trio Sabiá), Agora eu sei (Bando de Maria).

Samba de gafieira
Ritmo Moderado –Gasta cerca de 474 calorias por hora

Aqui, na maior parte do tempo, o casal samba bem juntinho. E para conseguir fazer as movimentações de pernas, que dependendo da música podem ser bem aceleradas, sem desequilibrar, o abdômen fica contraído o tempo inteiro. Dá para dançar com vários tipos de músicas, de Maria Rita a Jorge Aragão, portanto a intensidade da dança e a queima calórica variam, dependendo do som escolhido. Não é difícil de aprender, mas como existem mais de 200 passos, você pode ficar anos descobrindo novidades sobre o samba de gafieira.

Tempo para aprender: cerca de um mês, com uma hora e meia de aula por semana.

Para dançar: Cara Valente (Maria Rita), Nota Máxima (Leci Brandão), Feito de Paixão (Jorge Aragão).

Tango
Ritmo Moderado –Gasta cerca de 474 calorias por hora

Você vai precisar de força nas pernas, abdômen acionado e uma postura bem ereta para dançar esse ritmo que é o mais sensual de todos. “As pernas se movimentam muito no tango e o casal precisa estar sintonizado, dançar como se fossem uma pessoa só”, explica Marcelo Palladino, professor de dança da Palladino Dança Social. E por mais concentração e vaivém de pernas que exija, você vai se surpreender, porque essa dança é fácil de pegar.

Tempo para aprender: cerca de um mês e meio, com uma hora e meia de aula por semana.

Para dançar: Por Una Cabeza (The Tango Project –tema do filme Perfume de Mulher), A Media Luz (Carlos Garcia), Santa Maria (Gotan Project –do filme Dança Comigo).

Salsa
Ritmo Intenso –Gasta cerca de 594 calorias por hora

Prepare-se para suar e mexer o corpo inteiro. Quadris, pernas, braços e ombros não param, e haja fôlego, pois as músicas costumam ser bem longas. “Na salsa, os joelhos ficam semiflexionados o tempo inteiro para dar mais mobilidade ao quadris”, explica Marcelo. Por isso, você vai fortalecer os músculos das coxas e também trabalhar o sistema cardiovascular, uma vez que as batidas são rápidas e as músicas animadas. A dança tem origem cubana, mas hoje é um dos ritmos preferidos da galera mais jovem aqui no Brasil.

Tempo para aprender: de um mês e meio a dois meses, com uma hora e meia de aula por semana.

Para dançar: Que Manera de Quererte ( Gilberto Santa Rosa), Ave Maria Lola ( La Sonora Carruseles), La Sandunguita (Isaac Delgado).

Samba-Rock
Ritmo Intenso –Gasta cerca de 594 calorias por hora

Mais do que fôlego, no samba-rock é preciso muita ginga e coordenação motora. É uma dança que tem bastante movimento de pernas e de braços e o casal precisa estar bem sincronizado e no mesmo nível de aprendizado da dança. “O samba-rock evolui numa lógica diferente dos outros ritmos, portanto, precisa de treino.

Não dá para levar o parceiro, os dois precisam conhecer a dança”, explica Marcello.

Tempo para aprender: cerca de três meses, com uma hora e meia de aula por semana.

Para dançar: 16 Toneladas (Funk Como Le Gusta), Carolina (Seu Jorge), Trilha Guitarreira (Clube do Balanço). 

Revista Boa Forma, 2007

Abaixo, veja o vídeo que separamos especialmente para você!





Se quiser ver mais reportagens, clique aqui

  Principal
Quem Somos
Cursos e Aulas
O que fazemos
Localização
Últimas Notícias
Perguntas Frequentes
Contato
  Outros
Depoimentos
Sapatos e Sandálias
Agenda de bailes
Video aulas didáticos
Curso de Formação
Promoções da Semana
  Aulas
Dança de Salão
Country, Sertanejo e Forró
Soltinho
Tango Milongueiro, Salão e Novo
Salsa, Zouk, Bachata e Merengue
Valsa Vienense
Pagode , Samba Rock e Gafieira
  Redes Sociais

Empresas do Grupo
Loja Virtual, Renato Mota. Acessem! Acesse Agenciados: Arte, Moda e Beleza! Acesse Formação em Dança de Salão!
© Studio de dança Renato Mota · Escola de Dança em Santo André - ABC - São Paulo. Aulas, cursos, shows, Dança de Salão. Todos os direitos reservados. · by AGENCIA GIGA!