fbpx
Imprimir
Categoria: JM-Sample-Data
Acessos: 674
A dança de salão é algo que está além de um entretenimento social ou lazer. É uma excelente ferramenta para manter-se bem fisicamente. Ajuda a controlar o passo, a manter a flexibilidade e a forma e melhora a coordenação. Porém é necessário tomar algumas medidas de precaução.
  
Um dos principais motivos pelos quais a dança de salão está ganhando popularidade, é porque ela também é um excelente esporte aeróbico. O que significa literalmente "necessidade de ar ou de oxigênio" e define qualquer exercício que utiliza grandes grupos musculares, que podem ser mantidos durante um longo período de tempo de trabalho rítmico. O exercício aeróbico exercita o coração, os pulmões e o sistema cardiovascular para liberar oxigênio retido em qualquer parte do corpo de maneira rápida e eficaz. A medida que o coração fica mais forte, uma maior quantidade de sangue pode ser bombeado a cada batida, e assim serão necessários menos batimentos para transportar o oxigênio. Uma pessoa com bom condicionamento aeróbico poderá dançar por mais tempo, com vigor, e conseguir uma recuperação mais rápida. O exercício pode ser de intensidade baixa, media ou moderada. No exercício de baixa intensidade, caminha-se tranqüilamente e o mesmo pode ser mantido por longos períodos. Nos de intensidade moderada pode-se conversar, mas não cantar, e também apoiar - em pessoas treinadas - durante três ou quatro horas. No de intensidade alta, não é possível conversar, e o exercício pode ser mantido por um período de 30 a 45 minutos.
 
A dança social é um exercício aeróbico de intensidade baixa-média, o que o torna apto para todas as idades. Em uma hora de dança social rápida, é possível eliminar entre 250 e 400 calorias - cifras válidas para pessoas que pesam cerca de 70 kg - semelhante ao eliminado em uma caminhada rápida. Para obter as vantagens de um exercício aeróbico eficaz para controlar o peso, mantenha o ritmo da dança durante 15-20 minutos -dependendo da aptidão física de cada dançarino- com breves pausas entre as diferentes danças. Isso ocorre porque o organismo administra no sangue quantidades de açúcar que podem alimentar as células durante um esforço contínuo entre 15-20 minutos. Passado este tempo, o corpo começa a utilizar as gorduras armazenadas nas diferentes partes do corpo.
 
É importante saber que as calorias não são eliminadas apenas durante os exercícios, mas também nas horas posteriores. A prática de exercícios aumenta o metabolismo das células, ou seja, o seu consumo de açúcar. Por isso, a prática diária da dança será mais eficaz para queimar calorias do que uma sessão intensa de um dia. Ao praticar um exercício por vários dias, você também produz vários períodos posteriores de consumo de calorias.
A dança prepara especialmente os músculos das pernas e aumenta a flexibilidade das costas e dos ombros. Ao mesmo tempo, ela melhora consideravelmente o equilíbrio e a coordenação. Em outras palavras, proporciona todas as vantagens do exercício aeróbico, porém com menos risco de contusões. Uma boa maneira de evitar contusões é fazer exercícios de aquecimento e alongamento antes de começar a dançar.
Cuidados com o coração
Para não prejudicar o coração, não submeta-o a esforços excessivos. Isto significa manter a quantidade de batidas dentro dos limites que cada idade permite.Para calcular, subtraia o nº 220 da sua idade, depois multiplique o resultado por 0,6 e 0,9 - para obter 60% e 90% - obtendo duas marcas: a inferior indica o número mínimo de batidas do coração, e a superior, define o limite de batidas para o tipo de esforço. O meio mais eficaz e saudável é manter um número médio de batidas entre as marcas.Por exemplo, uma pessoa de trinta anos pode calcular a sua zona de pulsações da seguinte maneira: 220 - 30 = 190 190 x 0,6 = 114 190 x 0,9 = 171Em outras palavras, isto significa que uma pessoa de trinta anos tem como limite inferior 114 batidas por minuto e como limite superior 171.
Sua melhor zona está entre 140-150 batidas por minuto. Você deve ter em mente que os números variam de uma pessoa para outra, e que uma pessoa maior de 35 anos que leva uma vida sedentária deve consultar um médico antes de começar a. fazer exercícios.  
Aquecimento e relaxamento
  
O aquecimento ajuda o corpo a se preparar para o exercício e reduz a possibilidade de sofrer algum problema coronário. O aquecimento deve ser uma combinação de exercícios rítmicos - que aumente a quantidade de pulsações do coração - e de alongamentos estáticos. O exercício rítmico pode ser uma versão mais lenta das danças que serão realizadas. Os alongamentos devem ser lentos, progressivos e envolver grandes grupos musculares. É importante alongar a região inferior das costas antes de fazer movimentos laterais de qualquer tipo.
 
Quando uma pessoa para de dançar, uma grande quantidade de sangue é encontrada nas extremidades, e o coração bate mais rápido.
A função dos exercícios de relaxamento é restabelecer a pulsação e fazer que o sangue acumulado nas extremidades retorne gradativamente ao coração. O relaxamento deve incluir alongamentos para relaxar os músculos. Em pouco tempo estes exercícios ajudarão a aumentar a flexibilidade. 
 
Coleção: AS MELHORES DICAS DE DANÇA DE SALÃO
 
Edições del Prado, 1999.